Warning: include(/textos/cabecalho_v4.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 59

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/textos/cabecalho_v4.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 59

Warning: include(/textos/barra_menus_superior4.txt) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 65

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/textos/barra_menus_superior4.txt' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 65


Warning: include(/textos/_menuprincipal3_ilhacom.txt) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 81

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/textos/_menuprincipal3_ilhacom.txt' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 81

 


Warning: include(/php/online.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 101

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/php/online.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 101


Webmasters:
Tel.(18)9709-9068
Tel.(17) 231-0642

 

.:: Ver Artigos.:: Ver Colunistas

O mistério da morena turbinada - 1ª. parte

Tem sempre um mistério na fila. E o mistério da vez me chegou através do Orkut, num despretensioso pedido de adicionar. Fernanda, o nome dela. Olhei a foto da moça: morena, sorridente, cabelão preto liso, um decote generoso... Queria ser minha amiga. Que meigo. Mas não deixara recado. E Erri Kelmer não adiciona sem recado, são normas da empresa. Mas o diabo é que um decote daquele desestrutura a vida do cidadão trabalhador... Aceito.

Um clique e lá tô eu na página da morena. Hummm, na foto ampliada da capa a moça ficou ainda mais atraente. Dou uma sacada na apresentação e vejo que ela mora em Santos, tem 28 aninhos, humm, é psicóloga, hummm, e modelo fotográfico, hummmmm.... Ops. Modelo e psicóloga? É estranho, né? É, eu sei, mas não sejamos tão rígidos, esse mundo é louco mesmo. Então clico pra ver as fotos do álbum da Fernanda, vamos conhecer melhor a moça que deseja ser minha amiga.

Raramente me surpreendo no Orkut, sou macaco velho. Mas daquela vez engoli seco. O que é isso?, eu me perguntava enquanto via as fotos. A morena realmente era violenta. Linda, gostosa, bundão, peitão, bocão, tudo ão. Um olho cinza-azulado e um sorriso manga-larga daqueles. Lá estava morena de shortinho, morena num impossível vestidinho branco tomara-que-caia, morena indo às compras, morena na balada com as amiguinhas e morena de biquíni, sentada assim, como direi, beeem descontraída pros olhos do internauta.
Investigador Erri Kelmer em estado de choque

Babei nas doze fotos, logo eu que sou passado e cozido na casca do alho. No começo, pelas roupas desconcertantes que ela usava, sempre valorizando curvas e protuberâncias, sem falar na marquinha assassina do biquíni, achei que fosse alguma super-atriz de cinema pornô ou uma garota de programa classe AA para cavalheiros de fino trato. Mas logo me condenei por estar sendo tão preconceituoso. Por que uma psicóloga não poderia também ser modelo, heim? Por que não poderia ser turbinada, usar roupitchas criminosas e ter aquele doce jeitinho brejeiro, heim, heim? Oh, como sou vil! Que mentalidade curta tenho eu! Sim, eu mereço apodrecer junto aos vermes rastejantes na lama fétida dos umbrais, sim, eu mereço! A moça era apenas espontânea, só isso. E queria ser minha amiga. Certamente gostou do meu singelo jeitão de batráquio de ressaca, talvez deseje me conhecer pessoalmente... Isso. Aí ela me ligará e eu a convidarei a visitar meu duplex com vista pra Paulista e aí ela aceitará uma dose de blequilêibol, nós dois lá na varanda, aí ela dirá que pareço o Fábio Jr., ah, que é isso, Fernanda, assim você me deixa encabulado... Só um instante, Fernanda, meu celular tá tocando, só um instantinho, não vá fugir, heim? Alô? Alô?

Iludido, ô iludido, acorda! Fernanda não existe. Ela não passa de um personagem do Orkut, mais um dos milhares de perfis falsos criados pra sacanear com tarados sebosos como você, que passam o dia na internet atrás de mulher pelada. Entendeu, vagabundo? Agora desliga o celular e vê se cai na real.

No instante seguinte Fernanda sumiu no ar e o copo dela espatifou-se no chão. O duplex na Paulista evaporou-se e dei por mim de volta ao meu quartinho alugado nesse pombal do centro, que divido com a Tábata, minha barata voadora de estimação, que, por sinal, é minha assistente. Quer dizer que Fernanda é uma miragem? Pô, sacanagem! Um demente que não tem o que fazer armou a arapuca e eu caí direitinho, por um minuto, mas caí. Meus hormônios masculinos caíram – me corrige Tábata, que entende bem de instintos animais. Então, de volta à dura realidade, me achando o idiota dos idiotas, fui fuçar o Orkut da personagem Fernanda. E vi que ela gosta de ler e até cita uns escritores que nunca ouvi falar na vida. Na tevê, curte telejornais, programas de entrevistas e... Ana Maria Braga. Ana Maria Braga?! Eclética, a moça.

Demonstrando todo seu lado sofisticado, ela curte jazz, blues e concerto de piano. Frequenta academia, claro, e, surpresa, mora com os pais. E uma de suas paixões é sua família, ô, que meigo. Meigo mas incongruente. O inventor da Fernanda passaria fome se trabalhasse com perfil de personagem. A não ser que fosse uma história de esquizofrênicos.

Aí, curioso pra saber se alguém mais tinha caído na pegadinha, fui fuçar os recados dela. Putz! Como tem homem idiota nesse mundo! Rimos muito, eu e Tábata, olhando pra cara dos abestados, todos babando pela morena e deixando seus recadinhos melosos e ridículos. Um tal de Dica mandou essa: “oi.vc arrasa.cuida bem desse corpao que deus te deu.benza deus.ufa.......” Detalhe: o Dica é casado. Ahahahah! Tome tenência, seo Dica! Tem medo da tua mulher descobrir essas tuas galinhagens não? E esse outro, um tal de Voltei: “nao sei o que falar suas fotos travaram minha boca,meu inconciente esta dentro de vc no meio das suas pernas fazendo vc gozar com a língua” . Ahahahah! Inconsciente agora tem língua e faz sexo oral. Que pena que Jung não conheceu o Orkut.

Decididamente o melhor foi o Allan Genaro, esse bateu o recorde: “ola fernanda....td bem???? me desculpe entrar sem permissao no seu orkut, mais nossa vc nao existe ...... to bobo .....vc é muito linda, e o melhor vc mora perto de mim sabia?” Ahahahah! Pode uma coisa dessa? O cara já tá se imaginando saindo de casa, todo cheiroso, caminhando duas quadras e pegando a Fernanda pra sair. Vai ser iludido assim lá na baixada!

Aliviado por não ser o único tarado seboso idiota do mundo, deixei um recadinho parabenizando o criador da pegadinha, sim, só pode ser homem, só homem faz essas merdas. Tábata quis também deixar recado, dizendo que era óbvio que a moça era siliconada, que se ela tivesse dinheiro também teria bunda e peitos maravilhosos como aqueles. Pense numa baratinha despeitada... Não permiti, claro. Pois não é que dias depois recebo recado de uma senhora, de sobrenome Fuschini, me parabenizando também? Por desmascarar a tal fulaninha. A senhora afirmava que não existia nenhuma sem-vergonha como aquela na família dela e coizital. Ahahahah! A incansável defensora da moralidade dos Fuschini. Não respondi ao recado mas ele me atiçou de vez a curiosidade. Talvez a incrível morena não se chamasse Fernanda Fuschini, isso era bem provável. Mas ela existia, sim, estava ali na tela, em carne e osso – e peitos. E se ela existia, agora eu queria descobrir quem ela era. Mais um mistério pro Investigador Erri Kelmer. Atenda os telefonemas, Tábata, vou dar uma boa volta pela rede.

Breve, a Parte 2. Desvendado o mistério!

Colunista: Ricardo Kelmer
Área: Literatura e Internet
Inserida em: 24/01/2007 08:16




1 - 24/03/2010 ::: Ricardo Kelmer - Insights e calcinhas
2 - 06/11/2009 ::: Ricardo Kelmer - CArma de mãe pra filha
3 - 24/09/2009 ::: Ricardo Kelmer - Você já sentiu o mundo de cabeça pra baixo
4 - 02/04/2009 ::: Ricardo Kelmer - Como afugentar um homem
5 - 28/07/2008 ::: Ricardo Kelmer - A vez dos que não bebem
6 - 15/02/2008 ::: Ricardo Kelmer - Destino e intuição
7 - 15/12/2007 ::: Ricardo Kelmer - Loiras ou morenas?
8 - 19/10/2007 ::: Ricardo Kelmer - O segredo é mais embaixo
9 - 03/09/2007 ::: Ricardo Kelmer - Medo de mulher
10 - 24/07/2007 ::: Ricardo Kelmer - Loiras, celulite e futebol
11 - 16/04/2007 ::: Ricardo Kelmer - A luzinha que não se apaga
12 - 03/03/2007 ::: Ricardo Kelmer - O mistério da morena turbinada - 2ª parte
13 - 24/01/2007 ::: Ricardo Kelmer - O mistério da morena turbinada - 1ª. parte
14 - 09/01/2007 ::: Ricardo Kelmer - Eu esfaqueei o deputado



Publicidade


Warning: include(/php/banner/exibe.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 303

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/php/banner/exibe.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 303


Warning: include(/php/banner/exibe.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 317

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/php/banner/exibe.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 317


Warning: include(/php/banner/exibe.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 335

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/php/banner/exibe.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 335


Warning: include(/php/banner/exibe.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 345

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/php/banner/exibe.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 345


Warning: include(/php/banner/exibe.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 357

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/php/banner/exibe.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/25/1a/ilhasolteira/public_html/colunas/index.php on line 357
Anuncie

ISAWeb Desenvolvimento - Tel.: (18)9709-9068 - isaweb@ilhasolteira.com.br - © 2014 Todos Direitos Reservados